Relatório policial do caso Anthony Zinno dá algumas respostas

Anthony Zinno foi acusado por Corel Theuma, outro jogador de poker, de ter pego uma mochila que supostamente continha US$ 20.000 em dinheiro durante um evento do World Poker Tour (WPT) World Championship no Wynn Las Vegas, em dezembro passado. O incidente teria ocorrido no final do Dia 1b de um evento com buy-in de US$ 3.000, logo após os jogadores terem ensacado suas fichas. Zinno negou as acusações. 

Zinno foi denunciado por petit larceny (pequeno roubo) e liberado em 19 de dezembro. Até o momento, ele não enfrentou acusações formais, e não está claro se as acusações serão registradas contra ele. O desfecho final dependerá das investigações em curso e das decisões das autoridades competentes.

Relatório Policial

De acordo com o relato de Corel Theuma, ele deixou a área do torneio no dia 18 de dezembro de 2023, após ensacar suas fichas, e saiu do cassino para pegar um táxi. Foi nesse momento que ele percebeu ter esquecido a mochila que havia colocado debaixo da cadeira enquanto jogava poker. Theuma voltou correndo para recuperar a mochila, que, segundo ele, continha US$ 20.000 em dinheiro. No entanto, ao recuperá-la na manhã seguinte, descobriu que US$ 19.000 haviam desaparecido.

O relatório policial apresenta uma discrepância em relação ao relato de Theuma. Segundo o relatório, Theuma teria informado aos policiais que, após sair do salão do Encore, "precisou usar o banheiro e teve que deixar a mochila e o dinheiro para trás". Theuma negou veementemente essa afirmação, reiterando sua declaração original.

Conforme descrito no relatório da polícia elaborado pelo policial Lassiter (LVMPD nº 19020), o policial entrou em contato com um segurança do setor de achados e perdidos do Encore em 19 de dezembro de 2023 e foi informado de que Zinno havia devolvido a mochila ao cassino. O segurança reconheceu Zinno pelas imagens de vigilância pegando a mochila.

Essas discrepâncias entre os relatos de Theuma e o relatório policial podem influenciar o desdobramento do caso e como as autoridades decidirão lidar com as acusações contra Anthony Zinno.

De acordo com o relatório policial, o policial Lassiter observou as imagens de vigilância, onde um "homem adulto branco que correspondia à descrição de Zinno" foi visto na mesa de poker ao lado de onde Theuma estava sentado durante o evento do WPT.

O relatório prossegue descrevendo que, após a vítima começar a sair da área do torneio no final da sessão, ele deixou uma mochila debaixo da cadeira, momento em que Zinno se aproximou e pegou a mochila. No entanto, o relatório não especifica o tempo exato que Zinno levou para pegar a mochila depois que Theuma se levantou de seu assento.

Esses detalhes, especialmente sobre o momento exato em que Zinno pegou a mochila, podem ser cruciais para entender a sequência dos eventos e determinar a responsabilidade de Zinno no desaparecimento do dinheiro da mochila de Theuma. A investigação policial provavelmente buscará esclarecer esses pontos para uma avaliação mais precisa do incidente.

"Zinno saiu andando rapidamente, passando por vários seguranças, e deixou o cassino em uma carona Lyft", diz o relatório.

Caso complicado

Embora o policial tenha testemunhado Zinno pegando a mochila, ainda há várias perguntas sem resposta. Segundo o relatório policial, o policial perguntou a Theuma se ele poderia provar que o dinheiro estava na mochila antes de Zinno pegá-la, e "Theuma não pôde comprovar aos policiais que US$ 19.000 estavam dentro da mochila". Theuma afirmou que nunca retirou o dinheiro da mochila.

Quando a polícia contatou Zinno, ele não negou ter temporariamente levado a mochila de Theuma. Na verdade, ele admitiu ter feito isso, mas negou veementemente ter roubado dinheiro de seu acusador.

Zinno afirmou que pegou a mochila na esperança de devolvê-la ele mesmo, sem a ajuda dos seguranças e da polícia. Zinno afirmou que só abriu a mochila para verificar se havia alguma identidade, viu uma quantia desconhecida de dinheiro na mochila, mas não tocou nela. A mochila foi devolvida com US$ 1.000 em dinheiro", reportou a polícia de Las Vegas​

Zinno e Theuma afirmaram que nunca tiveram um relacionamento pessoal. Em uma matéria anterior sobre o caso, mencionamos que Zinno tentou entrar em contato com Theuma, campeão do Mid-States Poker Tour (MSPT) em 2023, por mensagem direta às 3h01 da manhã (horário do Pacífico) após o suposto incidente. No entanto, o conteúdo dessas mensagens é desconhecido, pois foram apagadas antes que o destinatário as visse.

O que é considerado um 'Petit Larceny' em Nevada? 

Petit larceny (pequeno roubo) em Nevada, conforme definido pela NRS 205.240, é considerado um delito menor e ocorre quando alguém rouba intencionalmente a propriedade de outra pessoa no valor inferior a US$ 1.200 sem o consentimento do proprietário.

Essa definição contrasta com o grand larceny (roubo qualificado), um crime mais grave que acarreta penas mais severas e exige um furto de valor superior a US$ 1.200. Em casos de pequeno furto, defesas comuns podem incluir a falta de intenção de manter a propriedade permanentemente ou ter agido por engano. A defesa de Zinno ainda não é conhecida publicamente, mas ele declarou à polícia que pretendia devolver a mochila e que a abriu apenas para tentar encontrar uma identidade.

Avaliar o material
- material excelente
- material ótimo
- material bom
- material ruim
- material horrível
Tenho trabalhado para trazer o melhor conteúdo para vocês!
Sem comentários
Você será o primeiro a deixar um comentário
Usuários não registrados não podem deixar comentários.
Por favor, usuário ou cadastre-se.