Mike Postle reitera sua negação de acusações de trapaça no pôquer durante entrevista no Softball X Spaces

Mike Postle

A aparição de Mike Postle na noite de segunda-feira no Omar da conversa X Spaces do The OTC gerou controvérsia, especialmente devido à percepção de que ele não foi confrontado com perguntas difíceis pelos apresentadores. Postle, um jogador de pôquer da Califórnia do Norte, continuou a negar as acusações de trapaça que pairam sobre ele há quatro anos, especialmente durante as transmissões ao vivo de pôquer.

Durante o evento, Postle expressou o desejo de ter um debate direto com Veronica Brill, a quem ele se refere como sua acusadora. Brill, uma jogadora regular e comentarista das transmissões do Stones Live, tem sido uma das vozes mais proeminentes que levantaram preocupações sobre a conduta de Postle.

No entanto, muitos ouvintes e observadores perceberam uma falta de confronto real durante a conversa, com os apresentadores optando por uma abordagem mais amigável e camarada em relação a Postle, sem desafiá-lo significativamente.

É importante observar que figuras proeminentes do mundo do pôquer, como Shaun Deeb e Veronica Brill, criticaram a maneira como a discussão foi conduzida, destacando a falta de questionamento sério em relação às alegações contra Postle e a ausência de uma investigação mais profunda sobre o assunto.

É importante reconhecer que as acusações contra Mike Postle nunca foram formalmente provadas em tribunal ou em um processo legal. Embora muitos membros da comunidade do pôquer tenham levantado preocupações e examinado extensivamente as transmissões do Stones Live, não houve uma conclusão definitiva sobre a questão da trapaça de Postle.

Fala sobre assunto

Durante a conversa no Spaces, Postle expressou sua vontade de discutir abertamente as acusações com Veronica Brill em seu programa, sem edições ou interferências. Ele afirmou ter recebido várias ofertas para participar de documentários sobre o suposto escândalo de trapaça, incluindo a oportunidade de conversar com Brill, mas até o momento recusou esses convites, apesar das possíveis compensações financeiras envolvidas.

Apesar de ter mantido um perfil público relativamente discreto nos últimos anos, Postle fez aparições esporádicas para comentar sobre as acusações contra ele. Sua participação em um torneio no Beau Rivage Casino em Biloxi, Mississippi, em janeiro de 2023, é citada como um exemplo de sua presença ocasional em eventos de poker ao vivo.

Postle enfatizou a importância de não acreditar cegamente em tudo o que é dito na internet ou em plataformas como o YouTube, sugerindo que algumas acusações contra ele podem não ser baseadas em fatos sólidos.

É crucial ressaltar que as negações de Postle em relação às acusações são veementes, e ele também defendeu Justin Kuraitis, diretor do torneio Stones Gambling Hall, contra alegações de envolvimento em esquemas de trapaça. No entanto, as controvérsias em torno do caso continuam a levantar perguntas e dividir opiniões dentro da comunidade do poker.

Um debate com Veronica Brill?

Durante a conversa no X Spaces, Mike Postle admitiu que divagou em vários momentos, mas entre essas divagações, expressou seu interesse em debater com Veronica Brill e mencionou Matt Berkey.

Ele enfatizou sua vontade de ter uma discussão franca e direta com Brill em seu programa, sem qualquer edição. Postle também apontou Berkey por, segundo ele, não cumprir sua promessa de analisar os dados das mãos do Stones Live, afirmando que Berkey se recusou a responder a uma pergunta que ele tinha para ele.

Postle criticou a comunidade do poker por estar obcecada com escândalos de trapaça e sugeriu que muitas das investigações foram injustas e baseadas em preconceitos. Ele defendeu sua posição, argumentando que as evidências não suportam as alegações de trapaça contra ele.

Além disso, Postle brevemente mencionou o escândalo do Hustler Casino Live de 2022 e defendeu Robbi Jade Lew, que foi acusado de trapacear Garrett Adelstein em um pote de seis dígitos.

A maior parte das evidências contra Postle se baseia em sua suposta taxa de vitórias excepcionalmente alta e sua capacidade de tomar decisões consistentemente corretas em situações difíceis. No entanto, Postle negou publicamente que sua taxa de vitória tenha sido tão alta quanto foi alegado, afirmando que os jogos em questão não eram de $1/$3, como alegado, e que havia milhares de dólares em jogo durante muitas das transmissões.

Postle também negou que sua suposta taxa de vitórias de 94%, apresentada em um processo contra ele, seja precisa, afirmando que ele realmente ganhou menos de 80% das vezes no Stones Live, o que ele considera estar dentro da norma de sua carreira como jogador de poker. Ele expressou a intenção de provar sua inocência quando o momento certo chegar.

Essas declarações de Postle durante a conversa refletem sua contínua negação das acusações de trapaça e sua determinação em limpar seu nome perante a comunidade do poker.

Avaliar o material
- material excelente
- material ótimo
- material bom
- material ruim
- material horrível
Tenho trabalhado para trazer o melhor conteúdo para vocês!
Sem comentários
Você será o primeiro a deixar um comentário
Usuários não registrados não podem deixar comentários.
Por favor, usuário ou cadastre-se.