Bert Stevens brinca durante live "não tem como vencer dos brasileiros"

Bert Stevens é conhecido mundialmente por fazer de suas lives um entretenimento de altíssimo nível. Isso porque, o jogados mescla o alto nível de conhecimento em poker com seu estilo mais descontraído. E não foi diferente durante o grind do último fim de semana. Mais uma vez, Bert fez da sua live um grande momento. 

Isso porque durante a disputa do US$ 530 Bounty Builder High Roller, onde o brasileiro Ettore Cesco saiu vitorioso e onde Bert acabaria na quarta colocação (US$ 13.408), Stevens esteve como chip leader durante boa parte da disputa. Num desses momentos, encontrou o bilhete premiado: largou com do small blind e viu o short stack, outro brasileiro, Luciano Hollanda, anunciou all-in do UTG+1. Do button, o austríaco “P0KERPR02.0” pagou e viu Stevens anunciar all-in por cima, que também foi pago pelo austríaco, no momento com 47 blinds.

É neste momento que Stevens vai à loucura na transmissão quando o grinder austríaco também opta pelo call, segurando uma bela vantagem na mão. Ele tinha uma boa vantagem no pré-flop, mas a comemoração não demorou muito tempo, e se transformou em semblante de tristeza quando viu o board. 

O austríaco foi eliminado por Stevens e ficou com seu bounty, mas ficou chateado por não conseguir vencer o jogador brasileiro. O bounty de Hollanda era muito maior.  Stevens brincou: “ok, nós conseguimos o maior. Não dá pra vencer do Brasil, mas dá pra ganhar dos outros”. 

Você avaliou o material com a nota 5 de 5:
Tenho trabalhado para trazer o melhor conteúdo para vocês!
Sem comentários
Você será o primeiro a deixar um comentário
Usuários não registrados não podem deixar comentários.
Por favor, usuário ou cadastre-se.